Madame de Sade
de Mishina - Direção: Roberto Lage
Em três diferentes momentos de suas vidas. Outono de 1772, final do verão de 1778 e primavera de 1790 - seis mulheres (três delas históricas, três ficcionais) se encontram nos salões da casa de Madame de Montreuil, em Paris:

- Renée, ou Madame de Sade, que encarna a fidelidade conjugal
- Madame de Montreuil, mãe de Renée, que representa a lei, a sociedade e a moral
- Madame de Simiane, que simboliza a religião
- Madame de Saint-Fonf, os desejos carnais
- Anne, irmã mais nova de Renée, que é própria candura feminina aliada à falta de princípios
- Charlotte, a criada, que representa o povo

Através destes personagens femininos, o escritor japonês Yukio Mishima (1925-1970) investiga acontecimentos históricos da vida do aristocrata francês, Marquês de Sade, célebre no século VXIII por seus textos pornográficos, sua sádica vida sexual e posições políticas amorais.

Elenco
Bárbara Paz
Imara Reis
Jerusa Franco
Tânia Castelo
Denise Cecchi
Maria do Carmo Soares